Gozo

Entorpecido,

Com vinho,

Não… Com mágica,

Num olhar misterioso,

Não ocioso,

Como se quisesse engolir,

Inteiro,

Meus sentidos,

No meu paladar,

Molhado,

Um gosto de prazer,

Indizível, tremido,

Nos gritos de baixo calão,

Nas posições oralmente trocadas,

Sem pudor, sem medo, sem regra,

E quem pudera,

Encontrar as palavras,

E mil maneiras,

De gozar por ela!

Crédito de imagem: https://www.google.com.br/search?biw=1600&bih=794&tbm=isch&sa=1&q=mordendo+os+labios&oq=mordendo+os+&gs_l=psy-ab.1.0.0l4.29712.31567.0.33098.12.12.0.0.0.0.203.1676.0j11j1.12.0….0…1.1.64.psy-ab..0.12.1673…0i67k1.RgwZR2Cl1_M#imgrc=E9rlkPGRe159hM:

Comentários

Comentários